10 dicas para quem é iniciante no amigurumi e quer aprender mais

Como você já sabe, os amigurumis são aqueles famosos bichinhos de crochê ou tricot. É uma técnica que surgiu no Japão e se espalhou pelo mundo rapidamente. Se você é iniciante em amigurumi, precisa ver essas 10 dicas para quem está começando a fazer esses bichinhos, bonecas ou outras fofuras, e quer aprender mais!

Dicas para aprender a fazer amigurumi:

Vamos começar com dicas básicas para quem realmente quer começar a fazer amigurumis. Depois você vai encontrar algumas dicas de acabamento, dicas gerais que vão lhe ajudar no dia a dia.

Dica 1: Como fazer anel mágico

Tudo começa normalmente com o Anel Mágico. Para fazê-lo você precisa dar a volta com o fio nos seus dedos e depois fazer pontos ao redor dele. Quando tiver a quantidade certa, é só puxar o fio para que os pontos fiquem juntinhos e comece a formar a ponta do amigurumi. Veja o vídeo abaixo.

Dica 2: Pratique a bolinha

Pode parecer besteira, mas 99% dos amigurumis começam por uma esfera. Por isso praticar a bolinha é bem importante. Quando ela tiver bem redondida, sem falhas ou buracos, você está pronto para começar a fazer os bichinhos. Se preferir, comece fazendo chaveiros redondinhos, assim você pratica a esfera e já faz algumas peças.

Esse vídeo acima, é do Canal Two Bee, que tem uma série muito bacana que ensina a fazer amigurumi do zero! Eu aprendi com ela.

Dica 3: Escolha o fio que irá usar e agulha de acordo

Para escolher o fio, você precisa pensar no tamanho que gostará de ter seus amigurumis. Se prefere peças pequenas e delicadas, utilizar Anne é uma boa opção. Mas para quem quer peças maiores, a melhor escolha é o Barroco 6. Para peças de tamanho médio, existem inúmeras outras como amigurumi, bella, duna, charme. Normalmente optamos por fios 100% algodão principalmente se forem peças feitas para bebês.

Já a agulha pode ser a mesma que é dita na embalagem da linha escolhida, ou um pouco menor caso seu ponto seja mais aberto. Eu uso sempre uma agulha um pouco menor do que a indicada.

Alguns fios que costumo usar

Dica 4: Focinhos e olhos dos amigurumis

Essa dica é bem importante, se você pensa em vender suas peças ou presentear bebês e crianças os olhos e focinhos precisam ser bordados, costurados ou com trava de segurança de qualidade. Alguns olhos que vem com trava, e são comprados na China, costumam vir com travas fracas e molinhas. Veja esse post sobre olhos com travas.

Esses comprei no Amigurumi e Cia pelo Facebook

Dica 5: Muita calma na hora da costura

A maioria das pessoas que fazem amigurumi tem maior dificuldade na costura. Uma dica boa é prender com alfinetes as peças para você ver como irá ficar e não deixar nada torto (como os bracinhos, orelhas e etc). Depois disso você deve fazer um ponto de costura a cada ponto do crochê e pode ir e voltar para deixar bem forte. No final de um nozinho e passe o fio por dentro da peça algumas vezes. Depois é só cortar.

Dica 6: Arremate a peça

Para arrematar, basta finalizar seus pontos e passar o fio por dentro do último ponto. Com o resto do fio que sobrar, faça igual na costura, passe ele por dentro da peça inúmeras vezes, sem apertar para não marcar o amigurumi.

Dica 7: O enchimento

Para que o amigurumi se mantenha antialérgico, é necessário usar fibra siliconada. Essa fibra pode ser encontrada nos armarinhos e é vendida em sacos de 1kg ou 500gr. Algumas pessoas vendem menos ou mais também.

Para a peça não ficar molenga, você precisa encher bastante, caso contrário, depois de um tempo de uso, a fibra cede e a peça ficará muito mole. Mas é importante verificar se você não está colocando enchimento demais a ponto de abrir seus pontos. No geral, se os pontos estiverem firmes e fechadinhos, você não terá problemas com isso.

Dica 8: Como lavar o amigurumi

A lavagem dos amigurumis é bem simples, basta usar sabão neutro e lavar a mão sem esfregar muito. Enxague em água corrente e não torça nem pendure a peça. Deixe-a sobre uma superfície plana para que seque naturalmente na sombra. Você pode apertar a peça suavemente para ajudar a não deixar água acumulada.

Dica 9: Onde encontrar receitas ou padrões de amigurumi

Existem centenas de receitas gratuitas no Youtube e em vários sites como o Amibr.com, Ravelry, e até aqui no blog. Mas além delas, existem muitas outras que são pagas, e você pode comprar em sites como Etsy, também o Ravelry e outros. Se você é iniciante no amigurumi, comece pelos vídeos que mostram o passo a passo de cada peça.

Vale a pena lembrar que muitas artesãs vivem da venda dos padrões de amigurumi, elas se dedicam a criar receitas para venda, por isso valorize isso e caso compre uma receita, não fique distribuindo ela por ai.

Dica 10: Tradução de receitas de amigurumi

Alguns padrões estão em português, mas a grande maioria é encontrada em inglês, espanhol, russo e etc. Essa tradução pode muitas vezes ser complicada, por isso existem planilhas que podem ajudar com a tradução dos pontos, e o restante é uma ótima dica usar o Google Tradutor.

Leave a Reply